Cão-Guia — 4 Curiosidades Que Você Precisa Saber

Cão-Guia — 4 Curiosidades Que Você Precisa Saber

Você já deve ter visto por aí um cão-guia trabalhando, não é mesmo? Esses animais são treinados para auxiliar pessoas com deficiência visual. 

Mas o que muita gente não sabe é que é preciso ter atenção a algumas atitudes relacionadas a esses cães. Um exemplo disso é uma regra que você, provavelmente, já tenha ouvido falar: não brincar com esses pets quando estão em serviço.

Para alguns, essas regras podem parecer besteiras, mas é importante conhecê-las para entender a razão pela qual elas existem.

Se você quer saber mais sobre esses cães que possuem uma missão tão importante, continue a leitura!

O que é um cão-guia?

O cão-guia atua como os olhos para pessoas com deficiência visual. Mas, ao contrário do que muitos imaginam, esses animais não são os únicos a prestarem assistência aos seus tutores. 

Confira algumas das principais categorias que a assistência canina possui:

  • cães-guia: auxiliam pessoas deficientes visuais, garantindo uma mobilidade pelas ruas com mais segurança;
  • cães de alerta para diabéticos: detectam alterações no nível de açúcar no sangue por meio do faro e alertam o tutor;
  • cães ouvintes: auxiliam deficientes auditivos e pessoas surdas, alertando os tutores quando há sons importantes, como: toque de telefone, campainha, alarme de incêndio etc.

Além disso, a raça desses cães pode variar, mas as mais comuns são os labradores e goldens retrievers.

4 curiosidades sobre os cães-guia

Veja quatro curiosidades sobre os cães-guia e entenda algumas peculiaridades que esses animais possuem.

1. Não é permitido brincar com um cão-guia em serviço

Os cães-guia são muito dóceis e extremamente sociáveis, porém, brincar, fazer carinho ou dar petiscos para esses animais durante seus serviços pode distraí-los e fazer com que eles percam o foco de sua tarefa ou confundam os comandos que precisam executar.

Portanto, sempre que encontrar algum desses bichinhos por aí, lembre-se de que ele está em horário de trabalho e isso precisa ser respeitado.

2.  Cães-guia podem entrar em qualquer estabelecimento

De acordo com a Lei n° 11.126 (2005), pessoas com deficiência visual podem entrar em qualquer lugar acompanhados de seus cães-guia, seja ele público ou privado, como:

  • lojas;
  • restaurantes;
  • ônibus;
  • farmácias;
  • supermercados;
  • entre outros.

3. Os cães-guia se aposentam

Os cães-guia também se aposentam. Isso acontece após cerca de oito anos de trabalho. Depois, ele pode ficar com seu tutor ou ser adotado por alguma família que o animal tenha afinidade.

4. Os cães-guias são treinados ainda filhotes

O processo de treinamento dos cães-guia é dividido em três etapas:

  1. socialização: o cão é acolhido por uma família voluntária que irá ensiná-lo a conviver em vários ambientes com diferentes pessoas;
  2. treinamento: um treinador ensinará ao animal os comandos para que ele possa executar seu trabalho;
  3. instrução: essa etapa é voltada para a pessoa que receberá o cão-guia. Ela criará um relacionamento mais próximo com o animal e aprenderá a dar todas as instruções necessárias.

Incrível como esses animaizinhos contribuem para um mundo mais acessível e seguro para as pessoas com deficiência, não é mesmo?

Se você gostou do artigo, confira essa novidade da Adimax sobre acessibilidade virtual para pessoas com deficiência auditiva.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Adimax 20 anos

Unidos por uma missão, guiados pelo propósito Em 14 de março de 2002, iniciamos a nossa missão: promover o bem-estar animal através de alimentos de

Saber mais

Instituto Magnus e Genom

Olá, queridos leitores! É com muita alegria que anuncio para vocês a chegada de mais um aliado para compor o nosso time da inclusão! O

Saber mais

VET ESTÁGIO | EDIÇÃO 2021

A nova edição do programa Vet Estágio, vinculado à Fórmula Natural, está com vagas abertas nas quatro unidades da Adimax, localizadas em Salto de Pirapora/SP, Abreu

Saber mais

Abril Laranja e Fórmula do Bem

Mês dedicado à prevenção de maus-tratos contra animais traz reflexão sobre violência. Quando pensamos em direitos dos animais ou ainda em maus-tratos, diversas situações às

Saber mais