Reforço Positivo — Saiba Como Usá-lo No Adestramento De Cachorros

Reforço Positivo — Saiba Como Usá-lo No Adestramento De Cachorros

Muitos tutores de cães buscam as melhores alternativas para adestrar os pets de maneira eficiente e saudável. Afinal, ter um cãozinho comportado é importante, mas para alcançar esse resultado é preciso entender qual é a melhor forma de ensiná-lo os bons comportamentos. Uma delas é o reforço positivo.

Ficou curioso sobre o assunto e quer descobrir o que é essa técnica de adestramento, como ela funciona e como aplicá-la na rotina de treinos do seu pet? Continue lendo este artigo!

O que é reforço positivo?

O reforço positivo funciona como uma recompensa a um bom comportamento do seu cachorro. Isso o ajudará a entender que uma determinada ação é certa e, provavelmente, irá repeti-la outras vezes.

Um exemplo prático — e que você com certeza já deve ter praticado mesmo sem saber que estava usando a técnica de reforço positivo — é oferecer um petisco ao cãozinho após ele atender a um comando, como dar a pata, por exemplo.

Ao reforçar de maneira positiva a ação do cachorro, ele associa o comportamento com a recompensa, compreendendo que fez algo bom e, consequentemente, repetirá isso nas próximas vezes.

Como usar o reforço positivo no adestramento?

Para que o uso dessa técnica durante o adestramento do seu pet dê os resultados desejados, é preciso garantir que ele seja feito da maneira correta. Por isso, o primeiro fator que você deve entender em relação a esse tipo de treinamento é que ele irá exigir tempo, dedicação e paciência.

Isso porque ele é feito por meio de repetições. Ou seja, não adianta você achar que, ao oferecer apenas uma vez um petisco ao cachorro após ele ter feito xixi no lugar certo, já fará com que ele entenda que é isso que deve ser feito nas próximas vezes.

Além disso, lembre-se que cada cãozinho tem sua própria personalidade e tempo de aprendizado, ou seja, enquanto alguns aprenderão rapidamente, outros precisarão de um pouquinho mais de treino.

Um segundo ponto de atenção durante o uso da técnica é garantir que ela seja feita logo em seguida da ação correta do pet. Ao deixar passar muito tempo entre o bom comportamento e a recompensa, o cãozinho não relacionará uma coisa com a outra e o adestramento não terá efeito.

Com essas dicas principais, paciência, dedicação e muito carinho, o seu pet aprenderá a ter as atitudes desejadas, já que terá entendido por meio dos prêmios recebidos no treinamento que determinadas ações são certas.

Quais são os tipos de reforço positivo?

Apesar dos petiscos serem as recompensas mais usadas durante os adestramentos, elas não são as únicas. Existem muitas outras formas de mostrar ao seu pet que ele teve um bom comportamento e recompensá-lo por isso. Confira mais detalhes sobre as principais:

1. Petiscos

Os petiscos são bastante utilizados em adestramentos, mas é essencial lembrar que eles devem ser alimentos exclusivos para pets. Nada de dar pedaços pequenos de pão, biscoitos recheados ou qualquer outro tipo de comida que não seja de cachorro.

Existem diversos tipos de biscoitos próprios para os cães que vão garantir que a saúde deles não seja prejudicada. Além disso, você pode selecionar o produto de acordo com o porte, idade e sabor favorito do seu pet:

2. Carinho e elogios

Quem tem pets, em algum momento, provavelmente já conversou com eles com aquela famosa “voz de criança”, não é mesmo? Afinal, quem é que resiste à fofura desses bichinhos?

Pois saiba que esse tipo de atitude também pode ser usado como reforço positivo. Tenho certeza que quando você conversa com seu cãozinho dessa forma carinhosa, ele foca a atenção ao que você está dizendo e, muitas vezes, até abana o rabinho e faz aquela festa gostosa de ver, certo?

Isso porque carinhos e elogios são formas de demonstrar que o cãozinho está tendo bom comportamento e eles, com certeza, amam receber esse tipo de recompensa. Portanto, aproveite para utilizá-las durante o adestramento, sempre após uma boa ação do pet.

 3. Passeios

Cães amam os momentos de passeios ao ar livre. Além de ser um hábito física e mentalmente saudável para os pets, esse tipo de atividade também pode ser usada como técnica de recompensa.

Ou seja, se o cãozinho fizer xixi no lugar certo e você estiver com tempo livre no momento dessa ação, aproveite para levá-lo para uma voltinha pelo bairro ou em um parque próximo. Isso fará com que o animal relacione a ação que acabou de fazer com a recompensa de algo que ele gosta.

Gostou do artigo? Então, agora que você já sabe como usar o reforço positivo no adestramento, é importante garantir que a alimentação do seu pet também esteja correta para que ele tenha uma vida ainda mais saudável.

Confira os 3 tipos de ração para cachorro que você precisa conhecer e proporcione mais qualidade de vida para seu cãozinho.

Compartilhe

Notícias relacionadas

VET ESTÁGIO | EDIÇÃO 2021

A nova edição do programa Vet Estágio, vinculado à Fórmula Natural, está com vagas abertas nas quatro unidades da Adimax, localizadas em Salto de Pirapora/SP, Abreu

Saber mais