Gato Castrado — Saiba Quais as Mudanças Comportamentais dos Felinos

Gato Castrado — Saiba Quais as Mudanças Comportamentais dos Felinos

Quem tem um bichinho sabe que a castração é um tema que nunca sai de pauta. É muito comum que os tutores se sintam receosos com a cirurgia e em dúvida quanto às alterações comportamentais que vêm no pacote.

Essa angústia é muito normal, e por isso mesmo é importante atenuá-la com o máximo de informações possíveis a respeito do assunto — o que não dá é para ficar sem castrar o animal!

Neste post vamos bater um papo sobre a importância da castração para os felinos e sobre as mudanças de comportamento esperadas em um gato castrado. Boa leitura!

Por que a castração é importante?

A castração é importante tanto por questões de saúde pública quanto para a saúde individual dos gatinhos.

Quando falamos de saúde individual, os gatos machos que são castrados têm menos chance de desenvolver doenças testiculares e até mesmo tumores na região. No caso das fêmeas, a castração diminui a ocorrência de doenças reprodutivas e de câncer de mama.

Já no quesito saúde pública, a castração é fundamental para o controle populacional: evitar ninhadas indesejadas significa, também, evitar mais gatos abandonados pelas ruas. 

Se a castração traz benefícios tão importantes, por que algumas pessoas ainda resistem em operar seus bichinhos? Como dissemos no início do texto, o receio é comum, afinal, trata-se de uma cirurgia.

Apesar de invasiva, no entanto, o procedimento da castração é bastante simples e, quando realizado por um veterinário de confiança, muito seguro. No caso dos machos, remove-se os testículos e as estruturas adjacentes. Nas fêmeas, o útero e os ovários. Os cortes são bem pequenos e a recuperação do animal costuma ser bem rápida (a depender, é claro, de seu estado de saúde como um todo).

Outro receio comum que faz com que alguns tutores rejeitem a ideia da castração é o medo das alterações comportamentais dos bichanos após a cirurgia — mas acredite, a maioria delas é positiva ou passível de ser contornada.

Alterações comportamentais em um gato castrado: o que esperar?

Conheça as mudanças de comportamento mais comum em gatos castrados:

Redução da agressividade de gatos machos

Gatos machos que não são castrados têm o instinto de fazer demarcação de território. Isso, em muitos casos, se traduz em comportamentos mais agressivos em relação aos outros gatos da casa e, até mesmo para com o tutor. 

Após a castração, no entanto, eles tendem a ficar mais tranquilos. O odor da urina também diminui, já que biologicamente o organismo sente que aquele animal não precisa mais disso para marcar território.

Fim do comportamento de cio nas fêmeas

Quem tem ou já conviveu com uma gata fêmea, por sua vez, sabe o quanto o período do cio pode ser incômodo. Nele, a gatinha fica muito mais carente, vocaliza com frequência (especialmente de madrugada) e corre muito mais risco de fugir de casa à procura de um macho para copular. 

Após a castração, ela não entra mais no cio e, portanto, não apresenta mais esse tipo de comportamento.

Animais mais tranquilos

De maneira geral, os gatos de ambos os sexos ficam muito mais tranquilos após a castração, apresentando menos agitação, menos agressividade e menos interesse pela rua. 

É muito comum ouvir pessoas comentando que os gatos engordam após a castração, e isso se dá porque, como ficam menos agitados, os bichinhos tendem a ficar mais quietos, gastar menos energia e, com isso, acumular mais calorias. 

Essa questão, no entanto, não deve ser motivo para que você não castre o seu animal. Um gato castrado é muito mais saudável e tem o dobro da expectativa de vida que o não castrado. Acredite: a castração não implica, diretamente, em um gato obeso.

Para evitar esse problema, o ideal é continuar estimulando o bichinho às brincadeiras e movimentações diárias (o enriquecimento ambiental com brinquedos, prateleiras e esconderijos ajuda muito!) e trocar a ração por uma opção específica para gatos castrados.

Esses alimentos possuem menor teor de gordura, menos calorias, mais fibras e maior teor de proteína quando comparados aos alimentos para gatos adultos não castrados. Essas características proporcionam os seguintes benefícios:

  • manutenção do peso, por possuírem menos gordura e calorias;
  • manutenção da massa muscular devido ao maior teor de proteína;
  • contribuem para a saciedade, pela maior quantidade de fibras.

Além disso, é importante manter o acompanhamento com o médico-veterinário para identificar eventuais alterações que precisem de mais atenção.

Esperamos que este artigo tenha tirado todas as suas dúvidas sobre a castração de gatos! Como você se importa com a saúde do seu gatinho, recomendamos também a leitura do nosso texto sobre comidas que são proibidas para os felinos.

Compartilhe

Notícias relacionadas